prisão

Polícia prende terceiro da morte de jovem em Goiana

Edvaldo José Valença da Silveira foi morto em tentativa de assalto em Goiana

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/08/2017 às 12:07
Leitura:

Imagem

A polícia civil prendeu nessa segunda-feira (14), em Itamaracá, um terceiro homem suspeito de estar envolvido no latrocínio do estudante de direito Edvaldo José Valença da Silveira Neto, de 21 anos, na última semana em Goiana. Edvaldo foi morto no centro de Goiana, quando quatro suspeitos tentaram roubar seu carro. Um suspeito continua foragido.

A operação que acabou com a prisão de Rhavy Filipe Santos de Lacerda, de 20 anos, teve participação do Núcleo de Inteligência de Segurança Pública e equipes da Operação Malhas e da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar. De acordo com a polícia, Rhavy confessou a participação no crime e foi encaminhado para a delegacia de Goiana, onde prestará depoimento. O delegado Thiago Uchôa, responsável pelo caso, só irá se pronunciar na tarde desta terça-feira (15).

Segundo a polícia, Rhavy já respondeu por crimes de roubo, tráfico de drogas e violência doméstica. Ele também foi preso por tráfico de drogas na Paraíba.

Em nota, a Polícia Civil informou que equipes das Polícias Civil e Militar continuam em diligência para localizar o quarto suspeito de participar do crime, identificado por Tiago Gomes da Silva, de 31 anos.

Outras prisões

A polícia já havia prendido um homem e apreendeu um menor suspeitos de envolvimento no crime. Thiago Gomes da Silva, de 25 anos, foi preso horas após o assassinato. Já o menor, foi apreendido no dia seguinte e estaria dirigindo o carro usado no crime, de acordo com o delegado Thiago Uchôa.

Mais um suspeito

A polícia Civil divulgou que identificou um quinto suspeito de participação no latrocínio. Ele foi identificado como Andresson da Silva Nogueira, de 19 anos, e está foragido.

Mais Lidas