CRIMINALIDADE

Suspeito de tráfico, homicídios e assaltos na RMR é preso em Gravatá

Um dos crimes de Ismael José da Silva, 27, foi um assalto contra empresários em um kartódromo, em Paulista; ele roubou pertences e R$ 40 mil das vítimas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/08/2017 às 17:58
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou nesta terça-feira (15) os detalhes da prisão de um homem acusado pela justiça de praticar homicídios e assaltos na Região Metropolitana do Recife. Ismael José da Silva, de 27 anos, vulgo Bael e conhecido também como Bruno Bolívia, foi preso na última sexta-feira (11) em um posto de combustíveis na cidade de Gravatá, Agreste do Estado.

De acordo com a polícia, Bael liderava uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas. Ele costumava agir em comunidades nas cidades de Olinda, Paulista, Igarassu e Itamaracá.

Roubo de empresários e lavagem de dinheiro

Em 2015 Bael e um comparsa invadiram um kartódromo no bairro de Paratibe, em Paulista, e assaltaram vários empresários que participavam de uma corrida. Na ação, a dupla roubou pertences e mais de R$ 40 mil em dinheiro das vítimas.

Para lavar a quantia roubada, Bael abriu um comércio de pescados na cidade de Gravatá. Segundo o delegado Gilmar Rodrigues, da 7ª Delegacia de Olinda, o acusado confessou todos os crimes praticados.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

Ainda de acordo com o delegado, nos últimos anos, Bael estava liderando o tráfico na comunidade da Mirueira, em Paulista, onde chegava a alugar as armas de fogo para outros integrantes da organização.

Ismael José da Silva foi preso por força de três mandados de prisão pelos crimes de homicídio, assalto e tráfico de entorpecentes. Ele foi encaminhado ao Cotel, em Abreu e Lima, onde está à disposição da justiça.

Mais Lidas