TUDO É HISTÓRIA

Mais de 11 milhões de pessoas vivem em favelas, diz IBGE

Você sabe como surgiram as favelas? Confira na Coluna Tudo é História do Programa Movimento da Rádio Jornal

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/08/2017 às 21:29
Leitura:

Imagem

De acordo com último estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem cerca de 15.688 setores censitários em aglomerados subnormais no Brasil. Neles existem cerca de 3,2 milhões de domicílios, com 11,4 milhões de pessoas.

No Recife, um levantamento divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontou que 564 mil pessoas vivem em favelas, tornando a capital do estado a segunda no país em número de pessoas que residem nesse tipo de moradia. E na coluna Tudo é História, do Programa Movimento da Rádio Jornal, o comunicador Marcelo Araújo conversou com o Historiador Lula Couto, que esclareceu de onde surgiram as favelas e outros assuntos relacionados.

Ficou curioso? Ouça na íntegra:

Aprofundando o tema

Ainda segundo dados do IBGE, quase metade dos domicílios localizados em favelas estão no Sudeste e três em cada dez moradores ganham menos de meio salário mínimo. Nas favelas da região Norte, 52,5% dos domicílios ficam em áreas predominantemente planas. Na Centro-Oeste, 47% dos domicílios ficam em colinas e no Nordeste e Sudeste, 25% dos domicílios estão em encostas.

Quem são os moradores?

Das pessoas que moram nas favelas, 86,9% frequentaram escolas públicas. Apenas 1,6% possuíam curso superior completo, 31,6% ganhavam até meio salário mínimo, 27,8% não possuíam carteira assinada e 53.9% tem apenas telefone celular. O estudo ainda mostra 92,3% das casas são de alvenaria e 7% de madeira.

Mais Lidas