ELEIÇÕES

TRE-PE economizará R$ 4 milhões/ano com extinção de zonas eleitorais

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) vai extinguir 29 zonas eleitorais em Pernambuco

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/08/2017 às 14:30
Leitura:

Imagem

Em 60 dias, Pernambuco vai deixar de ter 151 zonas eleitorais para contar com apenas 122. A mudança foi anunciada nesta quarta-feira (16), com a entrega de um estudo comandado pelo Grupo de Trabalho de Rezoneamento, formado por servidores experientes da casa. Neles foram observados a evolução do eleitorado, índice de desenvolvimento humano e volume de processos nos cartórios eleitorais a fim de diminuir abstenções e claro reduzir custos.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Luiz Carlos Figueiredo, detalha o que foi observado antes de definir as mudanças. De acordo com estimativa do TRE-PE, R$ 4,176 milhões serão economizados por ano, só com gratificações de servidores, a exemplo juízes e promotores dos cartórios, aluguel e manutenção.

Saiba quais zonas foram extintas clicando aqui.

Entenda na reportagem de Rafael Carneiro:

No Grande Recife, desde de junho deste ano, três zonas eleitorais foram extintas em Goiana, Olinda e Jaboatão dos Guararapes sem prejuízo ao eleitor, que permanecerá com mesmo número de eleitor e local de votação. Com mais 26 municípios do interior se adequando a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ocorrerá o mesmo, garante o desembargador Luiz Carlos Figueiredo.

Com a decisão de exclusão ou remanejamento de cartórios eleitorais das cidades, a população não sofrerá prejuízos de deslocamentos já que postos de atendimento do TRE serão mantidos.

Mais Lidas