Política

“Eu não sou presidenciável”, diz Dória em visita ao Recife

O prefeito de São Paulo, João Dória, ainda disse que não vai disputar prévias com Geraldo Alckmin e opinou ainda sobre a candidatura de Lula

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/08/2017 às 0:47
Leitura:

Imagem

Em passagem pelo Recife o prefeito de São Paulo, João Dória negou a sua candidatura à presidência em 2018. O relato foi dado em uma homenagem oferecida ao político pela LIDE Pernambuco, nesta sexta-feira (18), na Zona Sul da capital pernambucana. Dória relatou que não vai disputar a vaga de candidato com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin por lealdade. “Essa decisão da executiva nacional do PSDB que vai definir se existirá prévias. O que eu posso antecipar e afirmar é que com Geraldo Alckmin não disputarei prévias, não há menor hipótese...primeiro por lealdade”, comentou

Ouça no flash de Thales Kírion:

Candidatura de Lula

No evento, o prefeito de São Paulo reafirmou ainda o antagonismo em relação ao governo do PT, mas defendeu a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas próximas eleições a presidente. Dória acredita que uma derrota nas urnas vai enterrar o que ele chama de mito. “Eu pessoalmente defendo que seja candidato e que perca, que seja derrotado pelo voto nas eleições de 2018, porque assim nós enterramos o mito”, disse.

Mudança de partido?

Nos últimos dias uma notícia de que o tucano teria recebido uma proposta do presidente do Brasil, Michel Temer, foi noticiada. João Dória elogiou Temer, mas negou a informação. “É um homem elegante no trato...Mas não houve nenhum convite oficial e eu tão pouco tenho interesse”, explicou.

Mais Lidas