TABAGISMO

Mais de 250 mil pessoas morrem por problemas decorrentes do cigarro

Apenas 5% das pessoas que fazem uso de cigarro no Brasil são tratadas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/08/2017 às 1:48
Leitura:

Imagem

O Dia Nacional de Combate ao Fumo é comemorado nesta terça-feira (29). O tabagismo é um dos principais colaboradores para o desenvolvimento de doenças que podem levar à morte. No Brasil mais de 250 mil pessoas morrem por ano devido a complicações desencadeadas pelo uso do cigarro. A nicotina, substância presente em qualquer derivado do tabaco, ao ser inalada, produz alteração no sistema nervoso central. Ela modifica o estado emocional e comportamental do usuário, o que pode levar ao abuso e dependência.

Em entrevista à Rádio Jornal, o pneumologista Blancard Torres traz números alarmantes sobre o problema no país, ouça na íntegra:

O brasil arrecada quase R$ 13 bilhões com a venda de cigarros, em compensação, gasta cerca de R$ 57 bilhões com despesas médicas e fatores indiretos ligados a incapacitação dos trabalhadores e morte precoce.

Ações na capital pernambucana

A Prefeitura do Recife montou uma programação com atividades para o Dia Nacional Do Combate Ao Fumo, no Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e no Centro De Prevenção, Tratamento E Reabilitação do Alcoolismo (Cptra). As ações ocorrem durante todo o dia.

Mais Lidas