INVESTIGAÇÃO

Parque aquático Veneza Water Park nega roubo de energia

Segundo o IC, o Veneza Water Park usava um dispositivo que registra apenas metade do consumo e o roubo seria de quase R$ 1 milhão em energia

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 31/08/2017 às 17:05
Leitura:

Imagem

Após a denúncia de um suposto roubo de energia elétrica, parque aquático Veneza Water Park, que fica em Maria Farinha, Paulista, no Grande Recife, negou as acusações e disse que nunca foi alvo de investigação do Instituto de Criminalística (IC) ou da Polícia Civil de Pernambuco.

Em nota, divulgada na manhã desta quinta-feira (31), o IC aponta que o Veneza Water Park escondia um dispositivo “on/o” que, quando acionado, registra apenas metade do consumo. O furto, segundo a Celpe, teria ocorrido durante um período de três anos e teria sido de quase R$ 1 milhão em energia.

Confira a nota completa do parque aquático

O Veneza Water Park foi surpreendido nesta quinta-feira (31/08) com algumas notas vinculadas através de órgãos de imprensa do estado, noticiando que segundo a CELPE teria sido identificado um desvio de energia cometido pela empresa nos últimos três anos. Noticia ainda que teria ocorrido investigação do IC e que o débito apurado seria de cerca de um milhão de reais.

O Veneza em virtude de tais informações, vem ESCLARECER.

1- Que nunca sofreu qualquer tipo de investigação seja do IC ou mesmo da Policia Civil do Estado de Pernambuco a cerca de qualquer ilícito referente a suposto desvio de energia.

2- Que são absolutamente inverídicas as informações de que teria sido identificado qualquer desvio de energia nas dependências do Veneza, bem como jamais tomou conhecimento de qualquer investigação ou suposta perícia que teria sido feita pelo IC ou qualquer órgão de perícia do Estado.

Finalmente o VENEZA WATER PARK, esclarece a toda a sociedade que jamais cometeu qualquer tipo de ilicitude com relação ao seu consumo de energia, estando, a empresa, tranquila e pronta para, se necessário, prestar todos esclarecimentos às autoridades competentes no seu devido e oportuno momento.

Mais Lidas