PRISÃO

Dono do Ponto do Açaí é preso suspeito de mandar atear fogo na Casa do Pará, em Boa Viagem

Testemunhas relataram que o empresário costumava discutir com os proprietários das lojas vizinhas; a Casa do Pará foi incendiada em janeiro

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/09/2017 às 10:16
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu, na manhã desta terça-feira (12), o empresário, Leonardo Emanuel Mendonça Lacerda, de 36 anos, proprietário Ponto do Açaí. Ele é suspeito de ser o mandante do incêndio criminoso que aconteceu em janeiro deste ano em uma loja especializada em produtos típicos da culinária paraense, a "Casa na Casa do Pará, concorrente do empresário. Os dois executores do crime, João Victor Medeiros da Silva, de 22 anos, e José Plínio Bezerra dos Santos, de 24, também foram presos.

Segundo a delegada Beatriz Leite, da Delegacia Seccional de Boa Viagem, Leonardo estava dentro de casa com a família, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, quando foi detido. Ele não reagiu e foi encaminhado para a delegacia. Para a polícia, o incêndio foi criminoso. Testemunhas ainda relataram que o empresário costumava discutir com os proprietários das lojas vizinhas.

Ouça reportagem de Juliana Oliveira

Ainda segundo a polícia, o incêndio ainda teria sido praticado por um terceiro homem, como foi flagrado em imagens de circuito de segurança divulgadas em maio deste ano. O acusado é Romildo Soares da Silva, vulgo Tancredo, e a Polícia Civil continua em diligência para cumprir o quarto mandado de prisão preventiva.

CASA DO PARÁ INCENDIADA

O incêndio atingiu a loja "Casa do Pará", localizada na Avenida Conselheiro Aguiar, no Bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, no dia 20 de janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, o estabelecimento foi completamente destruído pelas chamas. De acordo com informações repassadas pelo 19º Batalhão da Polícia Militar, testemunhas relataram que teriam visto três pessoas chegando de moto e jogando querosene no local, ateando fogo.

No vídeo, é possível ver quando três homens entram no estabelecimento, por volta das 2h30 da madrugada. Um deles está armado e chega a render um senhor que estava no local. Eles ainda colocam uma moto dentro da loja e, posteriormente, espalham um líquido inflamável por toda a área. No fim das imagens, eles riscam dos fósforos e o fogo se alastra rapidamente. Os três suspeitos e o homem que havia sido rendido saem correndo. Por pouco eles não são atingidos.

Mais Lidas