QUADRILHA

Suspeitos de assaltar Caixa Econômica da Rua da Hora são presos

Polícia Federal cumpriu mandados de prisão preventiva contra o grupo que, além do assalto à Caixa Econômica, investiu contra outros bancos e lojas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/09/2017 às 17:33
Leitura:

Imagem

Foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de condução coercitiva na manhã desta quinta-feira (14), contra alvos de uma quadrilha suspeita de assaltar a agência da Caixa Econômica Federal, da Rua da Hora, no Espinheiro, em maio deste ano.

Os alvos foram presos na Linha do Tiro e Beberibe, no Recife, e no Alto da Conquista e Águas compridas, em Olinda. Dos cinco mandados expedidos 4 deles foram executados com sucesso, com a participação de 50 policias federais e apoio da Polícia Militar.

Na investida, registrada pelas câmeras do circuito interno de vigilância, os assaltantes agem com violência e um deles, preso três dias depois com a arma e munições dos vigilantes do banco, aparece utilizando um fardamento de uma empresa de segurança.

Para Giovani Santoro, chefe de comunicação da Polícia Federal de Pernambuco, a prisão de Paulo Henrique Andrade, de 35 anos, foi só início da operação.

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

Investigação

Imagem

A investigação da Polícia Federal conseguiu levantar também a participação destes suspeitos também no assalto a uma loja de informática, na Rua do Imperador, no centro do Recife, no dia 18 de julho deste ano e numa joalheria em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado.

Os suspeitos presos foram ouvidos na sede da federal e de lá seguiram para audiência de custódia e, se condenados, poderão responder por crimes de organização criminosa e assalto a mão armada de com pena que varia de 6 a 12 anos de reclusão.

Como um dos de mandado de busca e apreensão não foi cumprido, o agora é considerado foragido e novas diligências serão realizadas.

Mais Lidas