PERNAMBUCO

No Agreste e no Sertão, 37 rádios solicitaram migração da AM para FM

A migração das rádios da frequência AM para a FM deve ser concluída até o final deste ano; com a mudança, o ouvinte ganhará em qualidade do sinal

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/09/2017 às 15:11
Leitura:

Imagem

Em visita ao Recife, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Gilberto Kassab, assinou autorização para o início do processo de extinção de rádios AM e troca para a operação em FM no Agreste e Sertão do Estado. O documento foi assinado no Palácio do Campo das Princesas, na presença do governador Paulo Câmara e representantes de empresas de comunicação.

O processo de mudança foi solicitado por 37 rádios que têm até o fim deste ano para promover o processo. A chegada da FM nestas rádios vai elevar a qualidade do sinal de transmissão atingindo um público de 2 milhões de pernambucanos.

O governador Paulo Câmara, falou sobre a migração. “Isso vai dar condições da informação chegar com melhor qualidade e maior amplitude”, comentou.

O repórter Rafael Carneiro tem os detalhes:

Rádio Jornal na migração

Quando esta primeira etapa tiver finalizada, as rádios poderão explorar ouvintes em dispositivos móveis como smartphones e tabletes como já ocorre aqui na Rádio Jornal Recife. Através do site www.radiojornal.com.br e no APP disponível para plataformas IOs e Android. O Sistema Jornal do Commercio de Comunicação fará a migração da afiliada em Pesqueira, no Agreste.

O ministro Gilberto Kassab ressaltou o ganho a partir deste decreto. “A ideia é estarmos concluindo esse trabalho até o final do ano. Aqui em Pernambuco, serão 37 rádios que farão a sua migração, oferecendo melhor qualidade de som, melhor programação, até porque o custeio das rádios é extremamente mais baixo”, comentou.

Mais Lidas