VIOLÊNCIA

Secretário detalha prisão dos suspeitos do caso do jornalista Alexandre Farias

Os suspeitos foram capturados pelas equipes da Divisão de Homicídios de Caruaru com apoio do 4ª Batalhão da Polícia MIlitar

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 18/09/2017 às 21:13
Leitura:

Imagem

Em coletiva na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS) na noite desta segunda-feira (18), o secretário Antônio de Pádua detalhou como foi a prisão dos suspeitos de envolvimento no roubo e confronto com a polícia que deixou o jornalista Alexandre Farias e dois socorristas do Samu feridos no último sábado (16), no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste pernambucano.

Segundo o secretário, José Renieri de Oliveira Simões, de 32 anos, Vagner Santos Figueiredo, 30, e João Victor Luiz Bezerra da Silva, 20, foram presos e o suspeito João Pedro Morreu em operação realizada na manhã desta segunda-feira, no Sítio Maniçoba, Zona Rural da cidade do agreste.

Um helicóptero do Agrupamento Tático Aéreo (GTA) foi deslocado para a ação e ainda segundo a polícia houve trocas de tiro. Foram apreendidas duas espingardas escopetas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola 380. Ainda segundo Antônio de Pádua, os homens são foragidos da justiça da penitenciária em Alcaçus no Rio Grande do Norte. Os três suspeitos estão presos na Delegacia de Homicídios de Caruaru, onde aguardam audiência de custódia.

Confira os detalhes com o repórter Thales Kírion:

Alexandre segue internado

O jornalista que é apresentador de uma programa na TV Asa Branca, afiliada da Globo em Caruaru, encontra-se em estado de saúde grave. Ele segue internado em um hospital da rede Unimed em Caruaru.

Veja os detalhes no vídeo:

O secretário Antônio de Pádua ainda relatou que a prisão aconteceu depois que o retrato dos suspeitos foi liberado. Veja no vídeo:

Mais Lidas