CASO ALEXANDRE FARIAS

Membro do PCC é suspeito de tiroteio que feriu jornalista em Caruaru

Jornalista Alexandre Farias foi baleado no último sábado; nesta segunda-feira, a polícia prendeu quatro pessoas e matou um suspeito, que seria do PCC

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/09/2017 às 15:15
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil divulgou que Igor Alves do Nascimento, um dos criminosos que participou do tiroteio que deixou o jornalista Alexandre Farias ferido na cabeça, era integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC). O suspeito de 34 anos foi morto por policiais.

A polícia chegou aos suspeitos nesta segunda-feira (19) após receber uma denúncia anônima. Os policiais foram recebidos a bala em uma casa no Sítio Maniçoba, Zona Rural de Caruaru.

Foram presos ainda José Ranieri de Oliveira Simões, de 32 anos, Vagner Santos Figueiredo, de 30, e Victor Luiz Bezerra da Silva, 20. Uma mulher que dava cobertura aos suspeitos também foi presa.

Imagem

O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, apela para que a Justiça não solte os suspeitos na audiência de custódia. “São indevidos de alta periculosidade, foragidos do presídio Alcaçuz no Rio Grande do Norte, todos têm passagens por homicídio, tráfico de drogas e roubo. Nós esperamos a sensibilidade de juízes, promotores e defensores nesse caso”, destacou.

Leia também

Suspeitos de envolvimento em perseguição que deixou jornalista ferido são presos

Jornalista baleado na cabeça em Caruaru está em coma induzido e estado de saúde é grave

Irmão de jornalista baleado em Caruaru conta que soube do caso pelas redes sociais

O grupo estava escondido em Caruaru desde janeiro, quando houve a rebelião da Estadual de Alcaçuz, segundo Joselito Amaral. Como os criminosos têm passagens pela polícia e podem ter cometido crimes na cidade, o chefe da Polícia Civil pediu que a população que tenha sido vítima de assaltos compareça à delegacia para fazer o reconhecimento.

Veja matéria que mostra a prisão dos suspeitos:

Os três suspeitos presos foram autuados em flagrante por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, lesão corporal grave, homicídio e tráfico de drogas. Um quinto integrante, que estava foragido, foi preso nesta terça-feira (19), em Caruaru.

Os detalhes no flash de Berg Santos:

Jornalista baleado

No último sábado (16) o jornalista Alexandre Farias, 39 anos, foi atingido por um tiro na cabeça quando voltava para casa, no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste do Estado. A bala partiu de uma troca de tiros entre a polícia e os criminosos.

Nesta terça-feira (19), um novo boletim médico divulgado pelo hospital em que o jornalista está internado relata uma melhora no quadro clínico. Mesmo assim, Alexandre, que passou por cirurgia ainda no sábado, segue em coma induzido no Hospital da Unimed em um situação considerada grave pelos médicos. Segundo o hospital, a pressão intracraniana do apresentador da TV Asa Branca, filiada da Rede Globo em Caruaru, diminuiu.

Mais Lidas