POLÍTICA

Prefeito de São Lourenço da Mata é afastado suspeito de desvio de bens

Decisão do TJPE impede que Bruno Pereira (PTB) tenha acesso ao prédio da prefeitura da cidade a partir desta terça-feira

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/09/2017 às 7:03
Leitura:

Imagem

O Tribunal de Justiça de Pernambuco determinou que o atual prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB), deve ser afastado imediatamente das funções públicas. De acordo com as investigações, o prefeito é suspeito de envolvimento com desvio de bens e rendas públicas da prefeitura da cidade. Outros servidores municipais também estão sendo afastados dos cargos.

A decisão é do desembargados Odilon de Oliveira Neto. A medida cautelar expedida pelo TJPE impede que o prefeito tenha acesso ao prédio da Prefeitura a partir desta terça-feira (26).

Investigação da Polícia Civil

Para investigar os possíveis crimes, a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou uma operação na manhã desta terça contra empresários e funcionários públicos da cidade. A operação "Tupinambá" deve cumprir 14 mandados de busca e apreensão domiciliar.

As investigações foram comandadas pela delegada Patrícia Domingos da Delegacia de Crimes Contra a Administração e Servios Públicos (DECASP). De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, O mInistério público e o Tribunal de Contas de Pernambuco atuaram junto aos policiais dando suporte nas investigações.

Além de São Lourenço da Mata, devem ser cumpridos mandados no Recife, em Camaragibe, Caruaru e Bezerros. No total, são 110 policiais envolvidos na operação, entre delegados, agentes e escrivães. Auditores do Tribunal de Contas do Estado também participam da operação.

Mais Lidas