POLÍTICA

PF faz operação contra filhos e enteados de Romero Jucá

A PF identificou desvios de R$ 32 milhões dos cofres públicos por meio do superfaturamento na compra de uma fazenda e na construção de empreendimento

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 28/09/2017 às 10:09
Leitura:

Imagem

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (28) uma operação em Boa Vista (RR) que tem como alvo os filhos do senador Romero Jucá (PMDB-RR). O advogado da família, Antonio Carlos Almeida Castro, o Kakay, afirma que o senador não é um dos investigados.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a operação apura o desvio de R$ 32 milhões que supostamente tiveram como origem o superfaturamento na aquisição da "Fazenda Recreio", localizada em Boa Vista e na construção do empreendimento Vila Jardim, do projeto Minha Casa Minha Vida no bairro Cidade Satélite, também em Boa Vista.

"São investigadas as transações decorrentes da venda da Fazenda Recreio para a construção do empreendimento Vila Jardim, bem como pela fiscalização e aprovação do empreendimento na Caixa Econômica Federal", diz a nota da PF.

OPERAÇÃO ANEL DE GIGES

Ao todo estão sendo cumpridos 17 mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal de Roraima, sendo nove de busca e apreensão e oito de condução coercitiva em Boa Vista, Brasília e Belo Horizonte.

Batizada de Anel de Giges, o nome da operação foi inspirado na citação existente no segundo livro de "A República", de Platão, na qual é discutido o tema da Justiça. O Anel de Giges permite ao seu portador que fique invisível e cometa ilícitos sem consequências.

Mais Lidas