MEMÓRIA

Governo de PE decreta desapropriação da casa de Capiba

O governador Paulo Câmara anunciou que as despesas com a execução da desapropriação serão de responsabilidade do Tesouro Estadual

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/10/2017 às 22:15
Leitura:

Imagem

Atualizada em 03.10.2017 às 15:00

Por meio de nota, o Governo de Pernambuco informou que o governador Paulo Câmara decretou a desapropriação da casa do artista Capiba. No texto, foi informado que o decreto tem o objetivo de preservar e manter a memória artística de Pernambuco. O imóvel está localizado na rua Barão de Itamaracá, nº369, Bairro do Espinheiro, no Recife.

A venda da casa de um dos maiores compositores do estado, chamou atenção do comunicador da maioria Geraldo Freire, na última sexta-feira. Ao se deparar com a placa de venda na casa de Capiba, Geraldo mostrou descontentamento e denunciou o ocorrido.

Veja na postagem:

O decreto publicado nesta terça-feira (3) no Diário Oficial do Estado, consta que as despesas com a execução da desapropriação serão de responsabilidade do Tesouro Estadual.

Confira a reportagem de Jéssica Lima

O artista

Lourenço da Fonseca Barbosa, o popular Capiba, nasceu em 28 de outubro de 1904, na cidade de Surubim, no Agreste. Com mais de 200 canções composta, em sua maioria no frevo, o artista se consagrou como um dos maiores expoentes da música pernambucana. Madeira que Cupim Não Rói e É de amargar são algumas delas. Ouça na íntegra:

Mais Lidas