Sertão

Cliente tenta matar advogado por discordar da condução de caso

Advogado foi transferido para o Hospital da Restauração e seu quadro é grave

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/10/2017 às 12:45
Leitura:

Imagem

Um homem foi preso por tentativa de homicídio contra um advogado em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, nesse domingo (15). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito agrediu o jurista Domingos Sávio no pátio da feira por estar inconformado com a condução dele a respeito de um caso.

O homem, que não teve a identidade revelada, foi preso e autuado em agrante logo após a agressão. Ele passou por audiência de custódia e teve a prisão decretada pela Justiça, sendo encaminhado para a Cadeia Pública de Serra Talhada. O advogado Domingos Sávio foi transferido para o Hospital da Restauração, no Recife, e está em estado grave.

A Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco divulgou nota na manhã desta segunda-feira (16) afirmando que não irá descansar enquanto o responsável pelo crime não for devidamente punido.

Confira a nota na íntegra:

"A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco vem tornar pública a grave agressão sofrida pelo advogado Domingos Sávio de Lima, que foi vítima de tentativa de homicídio na cidade de Serra Talhada, no Sertão do estado, por um cliente que não concordou com a condução dada ao seu caso.

O advogado Domingos Sávio se encontra em estado grave no Hospital da Restauração (HR), no Recife, e está recebendo toda a assistência da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (CDAP) da OAB-PE e da OAB Serra Talhada.

Agressões dessa natureza, quando praticadas contra um advogado ou advogada, extrapolam a gravidade de uma ofensa individual e passam a fragilizar o Estado Democrático de Direito, já que cabe ao profissional da advocacia pugnar pelo direito de defesa, um dos valores fundamentais previstos na Carta Magna.

A OAB-PE não descansará até a efetiva punição do responsável por essa covarde agressão.

Recife, 16 de outubro de 2017.

A Diretoria."

Mais Lidas