Internacional

Guerra nuclear pode começar a qualquer momento, diz embaixador da Coreia do Norte

Kim in Ryong também afirmou que a extensão territorial dos EUA está sob alcance dos mísseis da Coreia do Norte

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 17/10/2017 às 9:51
Leitura:

Imagem

O embaixador adjunto da Coreia do Norte, Kim In Ryong, afirmou, em reunião do Comitê de Desarmamento da Assembleia Geral ONU, que 'a situação na península coreana é delicada e uma guerra nuclear pode começar a qualquer momento'. A afirmação foi feita em tom de ameaça em meio a críticas aos Estados Unidos.

Ainda segundo Ryong, desde os anos 70' a Coreia do Norte é o primeiro país em ameaça nuclear 'direta e extrema' dos EUA, e que o seu país tem direito de manter um arsenal nuclear para se defender. "A não ser que a política hostil e a ameaça nuclear americana sejam completamente eliminadas, nunca, sob nenhuma circunstância, negociaremos nossas armas nucleares e mísseis balísticos".

Ryong ainda foi além e confirmou que o território americano está sob alcance dos armamentos coreanos. "A totalidade do território continental americano está ao nosso alcance de fogo. Se os Estados Unidos ousarem invadir nosso território sagrado, não escaparão de um severo castigo em qualquer parte do mundo".

Secretário de Estado americano diz que diplomacia com a Coreia acontece 'até a primeira bomba cair'

O Secretário de Estado americano, Rex Tillerson, disse no último domingo que o presidente Donald Trump instruiu que os esforços diplomáticos sejam mantidos com a Coreia do Norte 'até a primeira bomba cair'. A declaração foi feita no programa State of Union, do canal CNN. Tillerson também minimizou os tweets ofensivos do presidente Trump contra Kim Jong-un.

Mais Lidas