Solto

STJ pede liberação de Carlos Arthur Nuzman

Prisão preventiva de Carlos Arthur Nuzman foi substituída por medida cautelar

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/10/2017 às 15:28
Leitura:

Imagem

A sexta turma do Supremo Tribuna de Justiça (STJ) decidiu, por quatro votos a zero nesta quinta-feira (19), pela liberação do ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, que havia sido preso no último dia 5 deste mês suspeito de intermediar um esquema de pagamento de propina para o Rio de Janeiro fosse escolhido a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

A prisão preventiva de Nuzman será substituída por uma medida cautelar. O executivo entregará o seu passaporte à Justiça e será proibido de deixar o Brasil.

Relembre o caso

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, foi preso da última quinta-feira (5) pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. O executivo é suspeito de envolvimento com compra de votos na escolha do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016. O diretor do comitê Rio 2016 também é alvo da operação.

Mais Lidas