Brasil

Adolescente baleada em escola de Goiás está paraplégica

Isadora Morais, de 14 anos, perdeu os movimentos das pernas por causa de uma lesão na coluna

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 25/10/2017 às 8:40
Leitura:

Imagem

A estudante Isadora de Morais, de 14 anos, que foi baleada por um colega da escola no tiroteio de Goiás na última sexta-feira (20), está paraplégica. A informação foi repassada pelo Hospital de Urgências de Goiânia.

O último boletim médico divulgado pela unidade de saúde informa que Isadora sofreu uma lesão na medula, o que fez com que ela perdesse os movimentos das pernas.

Ainda segundo o hospital, a paraplegia é definitiva e já havia sido diagnosticada no dia em que ela deu entrada na emergência.

Relembre o caso:

Na última sexta-feira (20), um tiroteio deixou ao menos duas pessoas mortas e outras cinco feridas no colégio Goyases, em Goiânia, Goiás. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma mulher identificada como uma da professoras do colégio comunicou o ocorrido através do número 193.

De acordo com informações preliminares, uma adolescente de 14 anos foi o responsável pelos disparos. Ele sofria bullying na escola e, da quinta para a sexta aula do 8º ano, logo após a professora deixar a sala, abriu fogo contra os colegas.

Mais Lidas