Copa do Mundo

Com imagem de Messi ensanguentado, Estado Islâmico ameaça Copa da Rússia

Imagem com Messi ensaguentado e atrás das grades não é a primeira ameaça do Estado Islâmico contra a Copa do Mundo na Rússia

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 25/10/2017 às 13:03
Leitura:

Imagem

O grupo extremista Estado Islâmico ameaçou a realização da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, com uma imagem do argentino Lionel Messi ensanguentado e atrás das grades. A imagem foi descoberta pela ONG SITE Intel Group, especializada em monitorar a comunicação de grupos terrorista através de mídias sociais.

Ainda segundo com a ONG, a imagem foi difundida pela fundação Wafa, que é considerada como um meio de comunicação 'pró-EI'. Rita Katz, diretora executiva do SITE, afirmou que a montagem não representa um episódio isolado, visto que há uma campanha dos jihadistas contra a realização da Copa do Mundo 2018. Nas últimas semanas, o logo do mundial foi colocado 'em chamas' com uma mensagem em russo que dizia "Inimigos de Alá na Rússia, juro que o fogo dos mujahedins os queimará. Apenas esperem".

Confira imagens compartilhadas em mídias 'pró-EI' ameaçando o mundial

Mais Lidas