CRIMES VIOLENTOS

Protesto pede resposta contra crimes violentos em Pernambuco

Movimento PE de Paz alertou pedestres no Recife para crimes violentos que vitimou 4.145 pessoas

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/10/2017 às 10:10
Leitura:

Imagem

Membros do Movimento PE de Paz, que integra igrejas cristãs do Grande Recife, realizaram ato nesse sábado (28) em protesto contra a violência em Pernambuco. Eles se reuniram na ponte Duarte Coelho, no Centro do Recife. Números da Secretaria de Defesa Social (SDS/PE) revelam que de janeiro a setembro deste ano, 4.145 pessoas foram mortas por Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Esse número se aproxima das 4.479 pessoas mortas em Pernambuco de janeiro a dezembro de 2016.

Com 4.500 balões pretos ao longo da Ponte, os manifestantes representaram as vítimas fatais de 2017. Eles também usaram cartazes com os números da violência no estado e abordavam quem passava pela ponte para chamar atenção quanto a violência em todo o território pernambucano. O organizador do ato, Tales Ferreira afirmou que o movimento busca mais que resposta do estado, mas ações efetivas de combate ao crime. "Que o Governo dialogue. Converse. Não só emita notas sobre a questão da violência", acrescentou Tales.

A arte educadora Thais Dias esteve no ato. Ela teve o filho, de 14 anos, espancado até a morte em agosto. O crime ainda não foi solucionado. “E você se questiona porquê eles [autoridades] não tomam nenhuma atitude”, disse Thais.

Outros atos

Esse foi o terceiro protesto do Movimento na capital pernambucana. Juntamente com outros grupos, eles fizeram atos no Pina, Zona Sul da cidade, em março, e em frente ao Palácio do Governo, na área central da cidade, em junho, cobrando mais segurança em Pernambuco.

Mais Lidas