DESARTICULAÇÃO

Quadrilha que torturava desafetos é desarticulada no Recife

Entre os presos está uma mulher, que era a chefe do bando. Eles agiam vendendo armas, drogas e praticavam assassinatos em três cidades do Grande Recife

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 31/10/2017 às 14:22
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil deflagrou uma operação denominada Tegúrio, que tinha como objetivo desarticular uma quadrilha suspeita de praticar torturas no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

Entre os presos, estão alguns dos envolvidos em um crime de bastante repercussão. Se trata do caso de uma menina que foi torturada em março deste ano. Toda violência foi filmada e compartilhada em grupos de WhatsApp e redes sociais.

O grupo ainda é acusada de cometer crimes para manutenção do poder no tráfico de drogas, que inclui assassinatos, torturas, comércio de entorpecentes, de arma de fogo e munições.

Foram cumpridos 33 mandados de prisão preventiva e 27 de busca de apreensão em Olinda, Paulista e no Recife, especificamente em Santo Amaro. Dos mandados executados, 19 foram cumpridos em unidades prisionais da Região Metropolitana.

Entre os detidos, está uma mulher chamada Milena, que é dita como uma das chefes da organização criminosa. Ela já é a terceira líder de quadrilha presa ao longo de seis meses de investigações.

Com os criminosos, foram apreendidas armas, muita droga, além de toucas ninja.

Ouça a matéria completa com o repórter Felipe Pessoa

Mais Lidas