Violência

Justiça determina prisão de aposentado suspeito de matar empresário em Aldeia

O homem de 66 anos que se envolveu em uma briga de trânsito na Estrada de Aldeia é considerado foragido

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 07/11/2017 às 17:22
Leitura:

Imagem

A Justiça de Pernambuco expediu nesta terça-feira (7) o mandado de prisão temporária do aposentado Adalberto Ferreira da Silva, de 66 anos, suspeito de assassinar o empresário Leonardo Henrique Buarque Spinelli, na Estrada de Aldeia, após uma colisão entre os carros da vítima e do agressor.

De acordo com informações da delegada Euricélia Nogueira, à frente das investigações, o comerciante Adalberto é considerado foragido enquanto não se apresentar à Polícia Civil e diz que o motivo do pedido de prisão temporária se deu principalmente porque ele não tem colaborado com as investigações.

A prisão temporária, que tem validade de 30 dias, expedida contra Adalberto, poderá ser convertida em prisão preventiva com prazo indeterminado, se a polícia perceber que o suspeito não participa do processo ou está atrapalhando as investigações de algum modo.

Reprodução simulada

A Polícia Civil realiza, às 14h desta quarta-feira (8), a reprodução simulada da briga de trânsito que resultou na morte de Leonardo Henrique Buarque Spinelli, de 34 anos, no dia 28 de outubro, na Estrada de Aldeia.

A reconstituição será feita no mesmo local do crime, próximo ao 3,5 km da via, e contará com o testemunho da esposa da vítima, que estava presente no momento do conflito e do crime. O motorista que fez um disparo de arma de fogo em Leonardo, identificado como Adalberto Ferreira da Silva, de 66 anos, está sendo procurado pela polícia.

A delegada Euricélia Nogueira estará à frente da reprodução simulada, técnica utilizada para esclarecer alguns pontos da investigação.

Confira na reportagem de Leopoldo Monteiro:

Mais Lidas