Política

Aécio destitui Tasso da presidência interina do PSDB

Tasso, que comandava interinamente a legenda, anunciou a candidatura à presidência do PSDB assim como o governador de Goiás, Marconi Perillo

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/11/2017 às 15:38
Leitura:

Imagem

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) decidiu, nesta quinta-feira (9), destituir o também senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) da presidência interina do partido. De acordo com carta, assinada pelo tucano mineiro, a ação é fruto da necessidade de 'isonomia' na disputa pelo comando da legenda, que se dará em dezembro.

"Conforme conversa que tivemos hoje, em razão da sua candidatura à presidência do PSDB, e com o objetivo de garantir a desejável isonomia entre os postulantes, estou reassumindo a presidência do partido e, ato contínuo, indicando nosso mais antigo vice-presidente, o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, para conduzir com imparcialidade a eleição", escreveu Neves.

Tasso anunciou a candidatura à presidência do PSDB assim como o governador de Goiás, Marconi Perillo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, Neves foi pressionado por tucanos governistas para tomar a decisão.

Eleição

Tasso assumiu interinamente a presidência do PSDB após Aécio se tornar alvo da Polícia Federal por ter sido gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista. A eleição interna do PSDB acontece no próximo dia 9 de dezembro.

Mais Lidas