TRADIÇÃO

Campanha Papai Noel dos Correios 2017 será lançada nesta terça-feira

A Campanha Papai Noel dos Correios começou há 28 anos e se consolidou como uma das principais campanhas natalinas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/11/2017 às 8:00
Leitura:

Imagem

Faltando quase um mês para o Natal, será lançada nesta terça-feira (14) a Campanha Papai Noel dos Correios 2017 e os tradicionais selos de Natal, desta vez inspirados no conto de Natal O Soldadinho de Chumbo, do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. A cerimônia acontece na Agência Central do Correios, na Avenida Guararapes, na área central do Recife, às 15h.

A ação começou há 28 anos e se consolidou como uma das principais campanhas natalinas. O objetivo principal é realizar os sonhos de crianças em situação de vulnerabilidade, através de pedidos feitos em cartinhas.

A campanha nacional contempla cartas de qualquer criança ao Papai Noel e também cartas de estudantes de escolas da rede pública até o 5º ano do ensino fundamental, além de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Desde 2010, os Correios fazem a parceria a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Confira os detalhes na reportagem de Thales Kírion:

Como funciona

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil. As cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

Para ser um padrinho ou madrinha, basta ir em uma agência, escolher uma carta e depois entregar o presente na mesma unidade, para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal pelos Correios. Não é permitida a entrega direta do presente. Para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

A aposentada Marialva Veloso participa da campanha há 15 anos e já adotou 16 cartas. Para ela, a campanha é uma oportunidade de ajudar crianças carentes. “Eu me considero uma ajudante do Papai Noel e os Correios dão essa oportunidade a todos que puderem e quiserem ajudar”.

Adoção de cartas on-line

Este ano, o Papai Noel dos Correios contará com uma novidade: o piloto da adoção de cartinhas on-line em algumas localidades. Moradores das cidades de Belém, Cuiabá, Porto Alegre, Recife e São Paulo (região metropolitana) poderão adotar uma cartinha on-line no período de 13 a 24/11/2017 clicando aqui.

Mais Lidas