Política

Estamos sofrendo uma violência, diz Henry sobre o PMDB de Pernambuco

Vice-governador de Pernambuco e presidente da legenda no Estado esteve reunido com o presidente Michel Temer na manhã desta terça (6), em Brasília

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/12/2017 às 11:00
Leitura:

Imagem

O governador de Pernambuco, Raul Henry, esteve em Brasília na manhã desta quarta-feira (6) junto com o deputado federal e ex-governador, Jarbas Vasconcelos. Os dois maiores nomes do PMDB no estado foram à capital para uma reunião com o presidente Michel Temer, para expor a situação de racha pela qual passa a legenda no estado após a filiação do senador Fernando Bezerra Coelho, que deixou o PSB este ano para entrar no PMDB.

Raul Henry é o presidente local do PMDB em Pernambuco e a reunião foi pedida por Jarbas. O vice-governador considera que os nomes mais antigos no PMDB pernambucano estão sofrendo "uma violência" depois do processo de ingresso de Bezerra Coelho na legenda: "(viemos ) Fazer para ele um relato dos fatos. Uma oportunidade que não tivemos ainda. Mostrar a ele que a violência que nó sofremos em Pernambuco é absolutamente inaceitável".

Confira na íntegra a entrevista de Raul Henry com o repórter Romoaldo de Souza:

Entenda:

Desde a entrada de Fernando Bezerra Coelho no PMDB pernambucano, grupos ligados ao ex-governador Jarbas Vasconcelos têm acusado o senador de tentar interferir na legenda. A briga chegou a render uma troca de farpas e acusações entre Jarbas e Fernando Bezerra nas tribunas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, respectivamente.

Mais Lidas