Política

Justiça suspende propaganda do DEM por 'exaltar Mendonça Filho'

A propaganda do DEM que seria veiculada nessa semana foi suspensa em caráter liminar

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/12/2017 às 7:56
Leitura:

Imagem

A propaganda partidária do Democratas (DEM), em Pernambuco, foi suspensa em caráter liminar nessa terça-feira (5) pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco. A decisão foi do desembargador Delmiro Campos e o pedido partiu do Ministério Público Eleitoral (MPE). As peças seriam veiculadas em emissoras de TV aberta entre os dias 5,6,7 e 8 deste mês.

No entendimento do Ministério Público Eleitoral, o DEM voltaria a veicular a mesma propaganda exibida no primeiro semestre de 2017 e que foi julgada irregular por "exaltar" a figura do deputado federal licenciado, atual ministro da Educação do presidente Michel Temer (PMDB).

Em seu pedido, o MPE ressaltou que o objetivo da propaganda partidária é "difundir os programas e as ideologias do partido".

PROPAGANDA REPETIDA

Em um trecho da decisão, o desembargador relata que o Ministério Público Eleitoral, ao solicitar cópia das propagandas enviadas pelo DEM às emissoras de TV, "constatou que estas inserções seriam as mesmas propagandas veiculadas no primeiro semestre, consideradas irregulares pela Corte".

*Com informações da coluna "Pinga-Fogo", com Giovanni Sandes, no Jornal do Commercio

Mais Lidas