Feminicídio

Polícia prende suspeito de matar a esposa no Cabo de Santo Agostinho

Homem teria matado a esposa com duas facadas na cabeça dentro da casa onde moravam no Cabo de Santo Agostinho

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 29/12/2017 às 14:16
Leitura:

Imagem

Está preso na Delegacia da Mulher do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, Severino Cabral de Araújo Filho, de 41 anos suspeito de matar a golpes de faca a esposa enquanto ela descansava no sofá de casa. Segundo a policia, o crime teria acontecido na tarde dessa quinta-feira (28), na residência do casal evangélico no bairro de Charneca, no Cabo.

A mulher, identificada como Verônica Maria da Silva, teria sido assassinada com duas facadas na cabeça. Após o feminicídio, Severino Cabral deixou uma carta para a família, como detalhou o perito do Instituto de Criminalística do Recife, Fernando Benevides, que esteve na manhã dessa sexta-feira no local do crime.

Severino e Verônica estavam casados há 12 anos. Um dos peritos relatou que o crime teria sido motivado por questões religiosas, mas não deu mais detalhes.

Na manhã desta sexta-feira (29), o homem teria ligado para um das filhas que mora no Paraná, confessando o crime. Após a ligação, a filha entrou em contato com a polícia e disse que o pai poderia estar em um sítio próximo da cidade.

A prisão do suspeito ocorreu no fim desta manhã, na casa do pai dele, em Charneca. Severino Cabral foi autuado em flagrante por feminicídio e será levado a um presídio do Grande Recife.

Feminicídio

De janeiro até julho de 2017, pernambuco registrou 64 casos de feminicídio. Esse número representa 1,9% dos homicídios praticados no estado. Já foram contabilizados mil 121 casos de estupro nesse mesmo período, nos 184 municípios pernambucanos.

Ouça na reportagem de Kimberly Neri:

Mais Lidas