Polícia deflagra operação contra venda de armas e tráfico de drogas

Quadrilha está envolvida em tráfico drogas, venda ilegal de armas, furtos e homicídios. Operação Miritiba faz referência à cidade de Paudalho

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 05/01/2018 às 8:17
Leitura:

Imagem

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira (5) a operação “Miritiba”, que tem o objetivo de capturar integrantes de uma quadrilha voltada para os crimes de tráfico de drogas, comércio ilegal de arma de fogo e furtos qualificados.

Serão cumpridos seis mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão domiciliar. Essa é a 2ª Operação de Repressão Qualificada do ano.

Nome da operação foi dada em referência a cidade de Paudalho, Zona da Mata de Pernambuco, onde as investigações começaram há 4 meses.

Delitos

Segundo a Polícia Civil, os crimes eram praticados em Gravatá, Agreste pernambucano, e no Recife. Também foi comprovado o envolvimento da quadrilha em tentativas de homicídio e homicídios consumados, sendo um deles um duplo homicídio, que aconteceu em outubro de 2017, no bairro do Jordão, Jaboatão dos Guararapes, na Grande Recife.

Atuação policial

A operação “Miritiba” está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp) e supervisionada pela Chefia de Polícia. Cerca de 50 policiais civis estão participando do processo da operação.

O chefe de polícia irá divulgar mais informações sobre o caso ainda na manhã desta sexta-feira, no prédio sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri).

*Com informações do JC Online

Mais Lidas