RISCO

Febre Amarela: OMS considera o estado de São Paulo como área de risco


OMS recomenda que qualquer pessoa que vá viajar para qualquer ponto do estado tome vacina contra a febre amarela com 10 dias de antecedência

Da Agência Brasil
Da Agência Brasil
Publicado em 16/01/2018 às 14:14
Leitura:

Imagem

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta terça-feira (16) informe em que classifica todo o estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela. Segundo a entidade, a decisão foi tomada a partir do crescimento do nível de atividade do vírus da doença no território paulista desde o fim de 2017.

Com isso, a OMS recomenda que toda pessoa que pretenda viajar para qualquer ponto do estado, partindo de dentro do Brasil ou de outros países, tome a vacina contra a febre amarela com dez dias de antecedência.

Leia também

Vacina contra febre amarela deve ser aplicada com cautela, diz médico

Risco de contrair febre amarela pode ser menor para quem teve dengue

Febre amarela já matou 12 pessoas no estado de SP desde 2017

A entidade informa ainda que a avaliação é um processo permanente e que pode vir a indicar novas áreas de risco no país.

De acordo com a OMS, desde dezembro de 2016 foram registradas ocorrências de febre amarela em macacos em 21 estados brasileiros e no Distrito Federal, com 788 casos em humanos, dos quais 265 resultaram na morte do doente.


Mais Lidas