VELÓRIO

Corpo da última vítima do acidente com Globocop será enterrado nesta sexta


Miguel Brendo estava internado a nove dias, mas não resistiu às lesões provocadas pela queda do Globocop

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/02/2018 às 2:28
Leitura:

Imagem

Está previsto para esta sexta-feira (02), o enterro do jovem Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, falecido na manhã desta quinta-feira (1º). Ele foi a última vítima a morrer após a queda do Globocop no último dia 23. O operador de transmissão estava internado em estado gravíssimo no Hospital da Restauração no Centro do Recife, após nove dias ele não resistiu aos ferimentos. Miguel faleceu devido ao politraumatismo que sofreu com o acidente.

Familiares e amigos se despedem de Miguel

O velório teve início no começo da noite de ontem no cemitério Memorial Guararapes, no km 79,3 da BR-101 em Jaboatão dos Guararapes na Região Metropolitana do Recife (RMR). No local, amigos e familiares prestaram homenagens ao Miguel. Bastante emocionados, eles optaram por não falar com a imprensa. Nesta sexta, a família pretende se pronunciar sobre a perda. As investigações sobre o que teria causado o acidente continuam.

O acidente

Por volta das 6h05 da terça-feira (23), um helicóptero de uma empresa que presta serviços à Rede Globo Nordeste caiu nas
proximidades da Avenida Antônio de Góes, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. Chovia no momento da queda. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), o comandante do helicóptero, Daniel Galvão, morreu no local.

A sargento da aeronáutica e controladora de voo Lia Maria Abreu de Souza, de 34 anos, também não resistiu à gravidade dos ferimentos. A aeronave pertencia à empresa Helisae. De acordo com a Globo, a empresa prestava serviços à emissora há mais de 15 anos.O helicóptero teria passado por uma inspeção uma semana antes da queda.


Mais Lidas