PPP

Compesa redefine contrato da parceria público privada


O presidente da Compesa, Roberto Tavares, destacou benefícios do contrato, que faz parte do programa Cidade Saneada

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/03/2018 às 11:27
Leitura:

Imagem

A Compesa redefine contrato da parceria público privada com a BRK Ambiental, considerada a maior obra de saneamento do País.O replanejamento do contrato aconteceu em reunião realizada na sede da companhia, situada no bairro de Santo Amaro, nessa segunda-feira (19). No encontro, foram redefinidos os valores a serem investidos por cada parte e transferidos para o parceiro privado o maior número de obras.

A proposta é universalizar o serviço de esgotamento sanitário na Região Metropolitana do Recife (RMR) até o ano de 2037. A PPP tem o objetivo de contemplar quinze municípios em doze anos, como explica o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Ele destaca quais os benefícios do contrato, que faz parte do programa Cidade Saneada. "O Brasil tem muito atraso na questão do saneamento básico", disse.

Ouça Roberto Tavares:

REVISÃO

O plano precisou ser revisto após a venda da empresa Odebrechet, parceiro original do projeto, que teve o dono preso pela Operação Lava Jato, há dois anos. Agora é de responsabilidade da BRK Ambiental a exploração comercial do serviço e a obrigação de novos investimentos.


Mais Lidas