SERES

Penitenciária Barreto Campelo registra tumulto durante revista


O Batalhão de Choque teria tentado entrar em dois pavilhões da Penitenciária Barreto Campelo quando foi recebido a tiros

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 27/03/2018 às 17:12
Leitura:

Imagem

Uma revista que estava prevista para ser realizada na Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, na manhã desta terça-feira (27), terminou em tumulto.

O Batalhão de Choque teria tentado entrar nos Pavilhões B e C da unidade prisional, mas foi recebido a tiros pelos reeducandos e recuou. O promotor da Vara de Execuções Penais Marcellus Ugiette confirmou a reação dos presos, mas afirmou que oito armas foram apreendidas na unidade.

Parentes relataram que alguns detentos estão feridos e outros estão mortos na Penitenciária. Alguns reeducandos estariam sendo transferidos para outros presídios. As famílias esperam do lado de fora da unidade por mais notícias.

No local, foi estabelecido um perímetro de isolamento para evitar que parentes e a imprensa se aproximem. O delegado de Itamaracá, Roberto Geraldo, foi chamado para dar um suporte. Ele afirmou que situação está sob controle e que não viu mortos ou feridos.

Segundo o delegado, uma grande operação está ocorrendo e o secretário executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, teria participado da ação. Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), além de equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), estão na unidade.

Resposta

Procurada, a Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco (Seres) confirmou a revista. A pasta, no entanto, não deu maiores informações sobre a situação no local.


Mais Lidas