ESTELIONATÁRIO

Ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal é preso por peculato


Oséas das Neves do Nascimento também responde por crimes contra administração pública e estelionato. Ex-superintendente foi encaminhado ao Cotel

Maria Luiza Falcão
Maria Luiza Falcão
Publicado em 18/04/2018 às 8:59
Polícia Federal
FOTO: Polícia Federal
Leitura:

Um ex-policial Rodoviário Federal, que estava sendo procurado pela Polícia, foi preso e encaminhado ao Cotel. Ozéas das Neves do Nascimento, de 64 anos, estava com mandado de prisão condenatório expedido há dois anos pelos crimes contra a administração pública, peculato e estelionato. O ex-superintendente já havia sido demitido da PRF após um processo disciplinar feito pela corregedoria da Polícia Rodoviária Federal.

O chefe de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, Giovani Santoro, afirma que Oséas era considerado foragido. Confira na reportagem de Juliana Oliveira:

Os valores desviados dos cofres públicos estão sobre cargo da Justiça Federal e não foram divulgados. Ozéas das Neves é alvo da Operação Procurados. A ação é contínua e teve início em 2010.

Prisão

O preso possui antecedentes criminais com sentença condenatória de 8 anos e 10 meses pela prática dos crimes cometidos em novembro de 2000. Os crimes foram tipificados nos artigos 312 (peculato: apropriar-se de dinheiro ou valor de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio - pena-2 a 12 anos de reclusão), artigo 171 § 3º (estelionato, defraudação de penhor – 1 a 5 anos de reclusão) e artigo 327, § 2º (crime contra administração pública).


Mais Lidas