BRUTALIDADE

Homem que espancou bebê de um ano até a morte é encaminhado ao Cotel


Alan Deivson Cardoso espancou o bebê Pablo Henrique Maciel e tentou fugir em seguida, mas foi capturado por populares

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 02/05/2018 às 15:57
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Após audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (2), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) converteu a prisão em flagrante de Alan Deivson Cardoso em prisão preventiva e será encaminhado ao Cotel, em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

Ele foi preso em flagrante na Estação Coqueiral quando tentava fugir após espancar e matar o sobrinho de sua companheira, um bebê de um ano e sete meses.

O corpo de Pablo Henrique Maciel da Silva foi sepultado na manhã desta quarta-feira, no Cemitério da Saudade, em Jaboatão dos Guararapes.

Pablo Henrique foi espancado brutalmente e faleceu minutos depois de dar entrada no Hospital Otávio de Freitas, no Recife, na segunda-feira (30). O laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) apontou como causa da morte politraumatismo. .

A mãe do menino Rosimere Maciel acompanhou o velório. Bastante abalada e amparada pela família ela desabafou sobre o caso. “Eu quero justiça. Eu não quero que solte ele não, porque se soltar eu mato com minhas próprias mãos porque ele matou o meu filho de um ano e sete meses. Meu filho não tem nada a ver com os problemas dele com ela”, desabafou. Segundo Rosimere, ela não tinha observado nenhuma agressão do homem à criança.

A polícia investiga o caso como homicídio.

Suspeito

Alan Davison Cardoso, suspeito de cometer o crime, é companheiro da tia do menino com quem morava há sete meses, no bairro do Sancho, na Zona Oeste do Recife. Segundo os vizinhos da mãe biológica de Pablo, o suspeito é um homem agressivo e costumava bater na mulher.

Na última segunda-feira, ele aproveitou que estava só com o bebê e agrediu com pancadas na cabeça e no corpo.


Mais Lidas