CRIMES

Grupo responsável por furtos de fio de cobre no Porto de Suape é preso


Segundo a polícia, o grupo furtou cerca de 2,5 toneladas de fios de cobre gerando um prejuízo de quase R$ 20 mil para a refinaria

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 09/05/2018 às 13:43
Reprodução/ Internet
FOTO: Reprodução/ Internet
Leitura:

A Polícia Civil apresentou os detalhes da prisão de sete pessoas envolvidas no furto de fios de cobre da Refinaria Abreu e Lima no Porto de Suape.

De acordo com a polícia, cinco homens foram detidos no momento em que vendiam parte do furto a duas mulheres proprietárias de um ferro velho na cidade do cabo.

Segundo as investigações, o crime já acontecia há pelo menos seis meses e, nesse período, o grupo furtou 2,5 toneladas de fios um prejuízo estimado de quase R$ 20 mil para a refinaria.

As proprietárias do ferro velho, que são mãe e filha, compravam os fios para revender o cobre. O material era derretido e repassado para um outro receptador final que a polícia ainda não conseguiu identificar, como detalha o delegado Diogo Faria seccional do Cabo de São Agostinho.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

As duas mulheres preferiram falar apenas na justiça. O delegado não descarta a possibilidade de pessoas ligadas à empresa terem facilitado o crime.

Crimes

Tiago Cardoso Almeida Oliveira, Marinalvo Francisco da Silva, Wedson Caetano da Silva, Wellington Francisco e Elinaldo Ferreira da Silva vão responder por furto qualificado e associação criminosa.

As mulheres responderão por receptação qualificada e associação criminosa. Todos eles irão passar por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira.


Mais Lidas