search close
velório

Amigos e parentes se despedem de policiais atropelados por metrô

Sepultamento do sargento Enéas e do cabo Adeildo acontece às 16h desta quarta (16), no Cemitério de Santo Amaro, onde também acontece velório

Policiais mortos atropelados pelo metrô
Sargento Enéas e cabo Adeildo morreram em acidente durante operação
Imagem: Reprodução/Rádio Jornal

Durante velório no cemitério de Santo Amaro, na Capela Central, amigos, parentes e companheiros de farda prestam as últimas homenagens aos dois policiais militares que morreram atropelados por metrô, na noite da última terça-feira (15), na Estação Joana Bezerra, no Recife.  A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (Cbtu) esclareceu que a composição circulava dentro dos padrões estabelecidos pela Companhia. A informação foi do gerente operacional Murilo Barros .

Ouça informações com Juliana Oliveira:

Ainda de acordo com a companhia, o acidente poderia ter sido evitado caso a corporação tivesse comunicado a presença dos policiais na estação. Os PMs lotados no 16º  Batalhão do Gati faziam rondas para identificar traficantes em uma comunidade próxima à estação quando foram atingidos pela composição na linha férrea . Morreram na hora o sargento Enéas Severino da Silva, de 42 anos, e o cabo Adeildo José Alves, de 40.

No Hospital da Restauração (HR) estão internados o soldado Luciano Antônio da Silva, de 30  anos, e o sargento Clécio Fagner dos Santos, de 36. Monica Cristina é amiga do sargento Clécio. Antes do acidente, ela chegou a conversar com ele pelo celular. O soldado Carlos Guedes,  que também trabalha na corporação. visitou os policiais na manhã desta quarta (16). De acordo com o HR, Luciano está na unidade de trauma.  Ele fraturou o braço esquerdo e teve uma contusão no abdômen. O estado de saúde é estável.

Ouça outras informações com Clarissa Siqueira:

Já o sargento Clécio sofreu um traumatismo craniano encefálico e o estado de saúde é considerado grave. Em nota, a Polícia Militar lamentou o acidente e pediu apoio para as famílias das vítimas. A corporação também se comprometeu a passar informações à sociedade assim que souber detalhes do ocorrido. O sepultamento  do sargento Enéas e do cabo Adeildo acontece às 16h desta quarta (16) no Cemitério de Santo Amaro.

Confira nota de pesar da PMPE:

O comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, determinou luto por três dias na Corporação, por causa da morte de dois de seus policiais na noite desta terça-feira. Com a decisão, o comandante traduz o sentimento de todos os seus comandados, consternados com a perda de homens valorosos, que souberam honrar cada segundo no qual fizeram de suas fardas uma segunda pele, usada com bravura acima de qualquer adversidade.


Os policiais, lotados no 16º BPM, foram vítimas de um lamentável acidente, atropelados por um trem do metrô, na Estação Recife. Eles estavam no estrito cumprimento do dever, realizando incursões na região central da capital na tentativa de capturar acusados de crimes como tráfico e assaltos. Perderam a vida em defesa da sociedade pernambucana, o sargento Eneias Severino de Sena, casado, 40 anos, sendo quase 11 deles dedicados à PMPE, e o soldado Adeildo José Alves, da mesma idade e também casado, na Corporação desde março de 2009. O sepultamento de ambos está marcado para as 16h de hoje, no Cemitério de Santo Amaro, onde receberão as merecidas honras militares.


Além da tristeza que envolve a todos que integram a família policial militar, a Secretaria de Defesa Social e suas demais operativas - Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Científica e Corregedoria Geral - também externaram ao comandante geral suas condolências pela perda dos dois heróis.


Ainda saíram feridos na tragédia, outros dois soldados do Batalhão, que estão recebendo total o apoio da Corporação e todo o atendimento médico necessário, para que tenham pronta recuperação.


Coronel PM Vanildo Maranhão

Comandante Geral da Polícia Militar de Pernambuco

Confira nota da CBTU:

A CBTU Recife informa que às 20h51 desta terça-feira, 15, na via férrea de circulação restrita no Bairro de São José, nas proximidades da estação de Joana Bezerra, policiais militares foram atingidos por uma composição do metrô e dois deles foram a óbito. A empresa lamenta o ocorrido e acionou de imediato os órgãos competentes. A CBTU está à disposição para prestar os esclarecimentos às autoridades responsáveis pela apuração do fato.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.