RESGATE

Após mais de uma semana, jovens presos em caverna na Tailândia são achados


O grupo com 13 pessoas estava desaparecido desde o dia 23 de junho em um complexo de cavernas inundadas na Tailândia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 02/07/2018 às 14:12
AFP
FOTO: AFP
Leitura:

Após mais de uma semana de apreensão, os doze meninos integrantes de uma equipe de futebol na Tailândia e o técnico foram encontrados vivos nesta segunda-feira (2), de acordo com o governo regional. O grupo desapareceu no dia 23 de junho num complexo de cavernas inundadas.

Os garotos, que têm entre 11 e 16 anos, e o técnico, que tem 25 anos, entraram na caverna de Tham, Luang, perto da fronteira com Mianmar e Laos, após um treino. No entanto, a chuva bloqueou a principal da rede subterrânea complexa, que tem vários quilômetros de comprimento. Mil socorristas de diversos países participaram do resgate.

Desaparecimento e buscas

Ainda não está certo sobre onde o grupo foi encontrado e quanto demorará para que o resgate seja concluído. Em um ponto ao longo da trilha, alguns meninos deixaram suas malas, disseram autoridades. Em outro, deixaram seus sapatos. Além dos pertences deixados na boca da caverna e marcas de mãos nas paredes, nenhum vestígio deles havia sido encontrado até então.

Eles atravessaram uma placa que alertava os visitantes para não penetrarem no local entre os meses de julho e novembro, devido ao perigo de enchentes durante a estação chuvosa. O alerta também dizia que os visitantes deveriam se reportar à guarda florestal antes de entrar, o que o grupo não fez, segundo as autoridades.


Mais Lidas