EM RELAÇÃO A 2017

HR registra 40% a mais de queimados no período junino deste ano


Na unidade de queimados do Hospital da Restauração, seis crianças continuam internadas com ferimentos mais graves

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 03/07/2018 às 15:05
Juliana Oliveira/ Rádio Jornal
FOTO: Juliana Oliveira/ Rádio Jornal
Leitura:

Os números envolvendo pacientes queimados que deram entrada no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife, durante o São João deste ano aumentaram em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com o Hospital da Restauração, 76 atendimentos foram registrados do dia 15 de junho ao dia 2 de julho. Deste número, 30 pacientes precisaram ser internados, sendo a maioria adultos. Um número 40% maior do que em relação ao São João anterior.

O médico responsável pelo setor de queimados do HR, dr. Marcos Barreto, acredita que os acidentes tenham relação com as comemorações dos jogos da Copa do Mundo. “O aumento dos casos em adultos é devido à utilização dos fogos de artifício com mais intensidade devido às comemorações da Copa, então é mais um adicional”, disse.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

Crianças seguem internadas

No Centro de Tratamento de Queimaduras seis crianças ainda estão internadas com ferimentos mais graves e quatro estão no ambulatório, como é o caso da pequena Julia Tainã, de 2 anos, que queimou os braços após cair nas brasas de uma fogueira na noite de São João.

A mãe da criança, a agricultora Maria do Socorro acompanha a filha há dez dias no hospital. “Ela saiu para brincar comigo e com as irmãs e caiu dentro das brasas”, lembrou.

Ela faz um apelo a quem acende fogueiras. “Que as pessoas também tenham consciência, quando fizer uma fogueira, pensar nas crianças dos vizinhos que têm na rua, apagar no outro dia para não acontecer esse tipo de acidente”, pediu.

Em 2017, o setor de queimados registrou 55 atendimentos sendo 20 internações envolvendo onze crianças e nove adultos.


Mais Lidas