IGARASSU

Família cobra agilidade para encontrar mandante de morte de vereador


O vereador de Igarassu, Luiz dos Passos, de 71 anos, foi assassinado com um tiro na nuca no dia 16 de maio

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 16/07/2018 às 10:52
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

Após dois meses, a família cobra da polícia agilidade para encontrar o mandante do assassinato do vereador de Igarassu, Luiz dos Passos, e qual foi a motivação do crime. O parlamentar de 71 anos foi assassinado a tiros no dia 16 de maio num canavial em Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife.

A vítima, muito conhecida na cidade, estava a caminho da Câmara dos Vereadores quando foi abordado por dois homens e levado do bairro onde morava pelos executores em circunstâncias parecidas a um sequestro. Horas depois, o corpo de Luiz dos Passos foi encontrado com um tiro na nuca.

Horas depois do crime, a Polícia Militar prendeu Edvaldo Alves da Silva, o ‘Blindado’, e Abraão Francisco da Silva. Os ex-presidiários iriam receber ao todo R$ 15 mil para assassinar o vereador Luiz dos Passos.

O contratante, segundo as investigações, é Cleydson Henrique Morais Monteiro, conhecido como Playboy. A polícia diz que esse suspeito foragido tem vários antecedentes criminais, inclusive mandados de prisão.

Os familiares do parlamentar cobram da Secretaria de Defesa Social maior empenho na investigação. Luiz dos Passos Junior, filho da vítima, defende até mesmo a entrada da Polícia Federal para elucidar o assassinato:


Mais Lidas