FESTA DO CARMO

Missa de Nossa Senhora do Carmo lota as ruas do Recife


Fiéis acompanharam a missa no Pátio do Carmo, no bairro de Santo Antônio

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/07/2018 às 19:35
Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Milhares de fiéis foram ao Centro do Recife para acompanhar a missa campal em homenagem a Nossa Senhora do Carmo, padroeira da capital pernambucana. A celebração foi conduzida por pelo Arcebispo de Olinda e recife, Dom Fernando Saburido, no Pátio da Basílica do Carmo. A procissão encerrou a programação da 322ª edição da festa.

A missa contou com intérprete de libras para traduzir a celebração às pessoas com alguma deficiência auditiva. Antes dos cânticos, Dom Fernando Saburido falou brevemente sobre o perdão. O arcebispo pediu para que os leigos espalhassem a palavra de Deus, e disse que não podemos ignorar os problemas que nos rodeiam. Além disso, ele falou sobre os refugiados venezuelanos.

Festa do Carmo

A Festa do Carmo deste ano tem como tema O Rosto de Maria na Evangelização da Igreja. “É um convite ao cristão para que ele aprenda com Maria a fazer parte de uma igreja missionária, acolhedora, caridosa e que, na simplicidade, atenda aos necessitados”, declara frei Sormani José, prior da Província Carmelitana Pernambucana. “Estamos diante de um rosto de mãe que abre seus braços e sabe as dificuldades de cada um de nós, recifense, pernambucano e devoto”, acrescenta.

Símbolo

O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo é um símbolo sagrado e um sinal de proteção da Igreja Católica. De acordo com a literatura bíblica, São Simão, frade carmelita que viveu nos séculos 12 e 13, recebeu o escapulário das mãos de Nossa Senhora enquanto rezava em favor da ordem religiosa, ameaçada de extinção. O gesto representava a proteção da Virgem do Carmo sobre os integrantes da ordem.


Mais Lidas