eleições 2018

Cristovam Buarque: Presidente petista seria irresponsável com o País


Senador afirmou, ainda, que não considera Ciro Gomes, Bolsonaro e qualquer candidato lançado com o apoio de Lula fora do páreo

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 20/07/2018 às 9:31
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O senador Cristovam Buarque, em entrevista a Geraldo Freire, no Passando a Limpo desta sexta-feira (20), disse acreditar que um candidato do PT na presidência não terá condições de gerir o Brasil com responsabilidade. "Deve dizer que não é preciso reforma da previdência, pode voltar atrás na lei de responsabilidade trabalhista, (dizer) que o Brasil consegue viver independe do resto do mundo, não perceber a realidade e não faz as contas de quanto estamos endividados, o povo e o Brasil".

Ouça entrevista completa:

O senador ainda afirmou que não considera Ciro Gomes, Bolsonaro e qualquer candidato lançado com o apoio de Lula fora do páreo. No caso de Ciro, acredita que ele não tem força para ganhar as eleições, mas que consegue chegar no segundo turno. Avaliando o cenário geral, Buarque não enxerga alguém que possa comandar o País sem prometer o que não é possível, que "faça as contas e não de conta".

Candidato

Ele ainda reafirmou a intenção de se candidatar ao Senado mesmo tendo vontade de aposentar a carreira política. Não se candidatar seria "omissão" diante da crise política que vive o Brasil. "Vou tentar me reeleger. Se o povo do Distrito Federal disser que tenho que ficar em casa vou ficar não por omissão, mas perder a eleição. Não coloco o desejo pessoal acima da importância do momento", falou.


Mais Lidas