POLÍTICA

Se Lula não for candidato, Armando admite apoiar Geraldo Alckmin


Pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro participou do audiência marcada da Rádio jornal

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 20/07/2018 às 19:08
Diego Nigro / JC Imagem
FOTO: Diego Nigro / JC Imagem
Leitura:

O senador e pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo PTB, Armando Monteiro Neto, participou na tarde desta sexta-feira (20) do quadro audiência marcada, com Ednaldo Santos, no programa o balanço das notícias.

A entrevista contou com a participação dos jornalistas Igor Maciel, titular da coluna Pinga Fogo do Jornal do Commércio, e Juliana Sampaio, editora de política do JC.

O senador falou sobre as indefinições que ainda existem na composição da chapa da oposição. Ao ser questionado sobre a visita ao ex-presidente Lula, Armando disse que a visita foi institucional. Ele se emocionou ao lembrar do pai, que era amigo de Lula.

Em outro momento, Armando afirmou que caso Lula não concorra as eleições presidenciais de 2018, o Senador pretende apoiar o tucano Geraldo Alckmin (PSDB).

Armando monteiro elogiou presidenciáveis como Marina Silva e Álvaro Dias, e criticou as candidaturas que ele avalia como extremistas. Segundo Monteiro, ainda não há uma definição de apoio no cenário nacional. Questionado sobre a possibilidade de aliança entre PSB e PT, o senador respondeu com ironia.

Sobre o solidariedade e pros, Armando disse que mantem uma relação muito boa com os representantes dos dois partidos e que não descarta a aliança. Com relação à presença de três ex-ministros de Temer em seu grupo, o Senador concluiu que não há relação com o governo federal e que a união é benéfica para o estado de Pernambuco.

Ouça o audiência marcada na íntegra


Mais Lidas