previdência

Governo Federal faz pente-fino nos benefícios de assegurados do INSS


Desde o início do processo, até o fim de junho deste ano, foram realizadas 791.471 perícias no Brasil

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 21/07/2018 às 17:42
Foto: Acervo JC Imagem
FOTO: Foto: Acervo JC Imagem
Leitura:

Desde o segundo semestre de 2016 que o Governo Federal começou um pente-fino nos benefícios concedidos aos assegurados no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O objetivo do Ministério do Desenvolvimento Social é suspender pagamentos considerados irregulares. O alvo da revisão são os auxílios-doença e as aposentadorias por invalidez. No Brasil, desde o início do processo, até o fim de junho deste ano, foram realizadas 791.471 perícias.

Entre os benefícios analisados, 341.746 auxílios e 108.512 aposentadorias foram cancelados, o que corresponde a quase 57%. Em pernambuco, no mesmo período, foram realizadas 18.743 perícias, sendo 10.036 de auxílios-doença e 8.707 de aposentadorias por invalidez. Desse total, 47% dos pagamentos foram cancelados no Estado. Para quem teve o benefício cortado, o advogado previdenciário Paulo Perazzo explica o que pode ser feito. O advogado lamenta a grande quantidade de injustiças no cancelamento dos benefícios.

Ouça matéria completa:

Pernambuco

O processo de revisão do INSS feito em Pernambuco já gerou uma economia de R$ 168,5 milhões para os cofres públicos federais. No Brasil, o valor já chega a R$ 9,6 bilhões. Ao todo, 14.453 auxílios-doença e 28.251 aposentadorias por invalidez serão revisados até o fim do ano aqui no Estado.


Mais Lidas