Mulher baleada no Cordeiro morre no Hospital da Restauração

A Polícia Civil de Pernambuco instaurou inquérito para investigar a autoria e a motivação do homicídio. A mulher chegou a ser socorrida para dois hospitais, mas não resistiu

ASSASSINATO
Mulher baleada no Cordeiro morre no Hospital da Restauração

A polícia está investigando as causas e a autoria do crime - Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Com informações do JC Online

A auxiliar de almoxarifado Ana Karina Chagas Batista Silva, de 37 anos, morreu no Hospital da Restauração, após ser atingida por quatro tiros na cabeça, tórax e nos braços, na tarde do sábado (21), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. A polícia informou o caso neste domingo (23). Saiba mais na reportagem de Juliana Oliveira:

A mulher teria sido abordada por volta das 13h, quando estacionava o carro na Rua Tejipió, em frente ao prédio onde seus pais moravam. Dois homens suspeitos já estariam na rua, em outro carro, aguardando pela auxiliar de almoxarifado. Após ser atingida, Ana Karina foi levada ao Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro. Depois, seguiu para o Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife.

O marido e a mãe da vítima estiveram no Instituto de Medicina Legal do Recife para liberar o corpo, mas não quiserem gravar entrevista. Eles disseram que o carro da vítima e os objetos pessoais não foram levados.

O corpo de Ana Karina foi sepultado no Cemitério Parque das Flores, no Sancho, Zona Oeste do Recife. A família não quis gravar entrevista.

Investigações

A Polícia Civil de Pernambuco instaurou inquérito para investigar a autoria e a motivação do homicídio. O caso será investigado pelo delegado Paulo Dias, da 2ª delegacia de homicídios da capital.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.