RADAR

“Internet deve influenciar de 5 a 10% dos votos”, estima Silvio Meira


Cientista Silvio Meira estreou, nesta segunda (25), coluna sobre inovação no programa Radar, da Rádio Jornal

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/07/2018 às 19:51
Stela Maris/TRT-6/Divulgação
FOTO: Stela Maris/TRT-6/Divulgação
Leitura:

A coluna Inovação, com Silvio Meira, estreou nesta segunda-feira (23) no programa Radar, com Wagner Gomes, na Rádio Jornal. O conteúdo faz parte de uma nova visão de mundo que aproxima o cidadão comum do conhecimento científico inovador.

Silvio Meira foi aluno do Instituto Tecnológico Aeronáutico (ITA), atuou como Professor Doutor em Ciência da Computação na Universidade Federal de Pernambuco, participou da idealização e da fundação do CESAR e do Porto Digital, presta consultoria para diversas empresas e também é empreendedor.

Na visão do colunista, a inovação pode ser compreendida como um processo de mudança de comportamento de agentes no mercado como fornecedores e consumidores de qualquer coisa. “Eu estou interessado em qualquer coisa que muda o comportamento das pessoas, das empresas, das instituições públicas e privadas, das organizações de governo e privadas, da sociedade em geral”, pontua Meira.

O cientista destaca que, dentro do campo da inovação, sua área de estudo e de trabalho mais permanente, há mais de 30 anos, é a computação. Sobretudo a transformação digital. “Como é que o digital vai mudar o mundo nos próximos 5, 10, 15 anos, nessa espécie de ‘futuro logo ali’, um futuro de curto prazo, que todos nós viveremos”, explica.

Silvio Meira defende que o mundo digital é inevitável e já está na vida de todos os cidadãos brasileiros. “Se a gente olhar para as pessoas privadas, nós temos 135 milhões de pessoas no Brasil só nas redes sociais, o Facebook majoritariamente, nós estamos digitalizados”, disse Meira.

Ouça a coluna na íntegra

Eleições e redes sociais

Questionado sobre o impacto da tecnologia - sobretudo das redes sociais - neste ano de eleições, o cientista acredita que a internet será responsável por afetar de 5 a 10% dos votos dos eleitores. “Isso pode ser decisivo, mas elas são muito mais relevantes quando a diferença percentual entre os candidatos é pequena”, acrescenta.

Sobre a distribuição de informações nas redes, Silvio Meira estima que pelo menos 75% dos eleitores vai receber conteúdo através desse meio. “É claro que a rede vai ser importante, mas a rede não convence ninguém. O que convence as pessoas a mudarem de posição são argumentos convincentes de outras pessoas ou de instituições em rede”, conclui.


Mais Lidas