eleições 2018

Bolsonaro dará choque sem armas no Brasil, diz Bivar, cotado para vice


Presidente licenciado do PSL acredita que outros partidos vão usar fake news contra Jair Bolsonaro

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 26/07/2018 às 9:29
JC Imagem
FOTO: JC Imagem
Leitura:

Nome cotado para ser vice de Jair Bolsonaro, o deputado federal Luciano Bivar, do Partido Social Brasileiro (PSL), disse em entrevista ao Passando a Limpo desta quinta-feira (26), na Rádio Jornal, que um possível governo do candidato do PSC vai dar no Brasil um "choque sem armas, sem derramamento de sangue". A mudança seria graças à vontade de Bolsonaro de privilegiar uma economia com inclinação liberal e acabar com estatais "que só dão prejuízo".

Bolsonaro terá apenas oito segundos de propaganda eleitoral, divididos em dois blocos de quatro segundos. Por isso, a chapa de Bolsonaro avalia escolher um vice de outro partido pra ampliar o tempo no ar. "Os partidos vão agredir ele com fake e coisas do passado e ele sem tempo pra responder", explicou Bivar.

Ouça entrevista completa:

Boquinha

"Bolsonaro é anti-sistema, anti tudo que ta aí. Todo mundo que tem uma boquinha está preocupado. Ele vai acabar com indústria de multa, por exemplo. A Prefeitura do Recife lucra R$ 30 milhões com isso. Ele ameaça o sistema que impregna hoje o País", disse. "Tem muita gente boa no Congresso Nacional, se não tivesse não teríamos destituído um governo corrupto".


Mais Lidas