ESTELIONATO

Dupla é presa em Boa Viagem após golpes em bancos e comerciantes


Para aplicar os golpes, os homens se passavam por servidores públicos da Secretaria de Planejamento do Estado

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 27/07/2018 às 14:45
Divulgação/ Polícia Civil
FOTO: Divulgação/ Polícia Civil
Leitura:

Dois homens foram presos suspeitos de aplicar golpes em instituições bancárias e no comércio do Recife. De acordo com a polícia, Alan Pierre de Freitas e André Luís de Miranda se passavam como servidores públicos da Secretaria de Planejamento do Estado.

Eles usavam documentos falsos como carteiras de identidade, de habilitação e contracheques de funcionários estaduais para abrir contas, fazer empréstimos e financiar veículos.

Duas vítimas denunciaram o golpe. Sem se identificar, elas contaram que descobriram o prejuízo após os suspeitos terem aberto contas em operadoras de celular. Uma delas teve prejuízo de quase R$ 100 mil.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

Prisão

Os falsários foram presos na manhã desta sexta-feira (27) em um apartamento no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana. Dentro do imóvel, a polícia apreendeu cédulas de identidade em branco, cartões de crédito falsificados e uma impressora além de R$ 4.500 e 2.500 euros.

Segundo o delegado Ramon Teixeira, um dos criminosos, André Luís estava com passagem aérea comprada para embarcar para a Alemanha.

Os suspeitos usavam documentos com a própria foto, mas com todos os dados das vítimas. A polícia investiga como o grupo teve acesso aos dados pessoais dos servidores um terceiro falsário que pode já ter saído do país também está sendo procurado.

Alan Pierre e André Luís foram presos em flagrante e encaminhados a audiência de custódia e irão responder pelos crimes de usar documentos falsos, estelionato e associação criminosa.


Mais Lidas