VOLTOU ATRÁS

Após narrar estupro contra garota, youtuber diz que inventou história


Em sua justificativa, o youtuber Everson Zoio disse que "homem sempre aumenta as coisas"

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 29/07/2018 às 14:08
Reprodução/ YouTube
FOTO: Reprodução/ YouTube
Leitura:

O youtuber conhecido como Everson Zoio negou que tenha estuprado a ex-namorada enquanto ela dormia, após receber uma avalanche de críticas. Segundo o mineiro, a história que ele contou tempos atrás em um vídeo, na verdade, não passou de uma invenção.

Em um vídeo compartilhado em seu canal no YouTube, neste sábado (28), em que nega ter estuprado a garota, Everson tentou amenizar a história. “Homem é assim. Homem sempre aumenta as coisas. Nada aconteceu, mas ele quer aumentar, quer acrescentar mais coisas (...) No meu caso eu peguei muito pesado, eu mesmo estou vendo isso hoje”, justificou.

O caso, no entanto, passou a ser investigado pela Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Cibernéticos, em Belo Horizonte (MG), após alerta da imprensa sobre o vídeo.

Veja o vídeo com a justificativa do youtuber:

O vídeo foi postado em um outro canal da plataforma de distribuição de vídeos. Nas imagens, ele aparece ao lado de ais três amigos e o youtuber conta que ele e a namorada estavam na fazenda da família dela. À noite, ela disse não queria ter relação sexual porque estava com sono. Ele contou, que quando a garota estava em sono pesado, tirou a roupa dela e relatou o que, pela lei, é caracterizado como estupro. Todos riem após a história.

O vídeo, que foi publicado em 18 de setembro de 2016, ganhou repercussão nos últimos dias. “Na época não era esse tal de politicamente correto como é hoje por isso que está acontecendo esse efeito todo. Hoje em dia você não pode falar nada, mas estou arrependido”, apontou o youtuber.

Em um vídeo publicado do Everson Zoio, em 16 de abril de 2015 ele também narra a mesma história em que teria estuprado a ex-namorada enquanto ela dormia.

Em sua conta no Instagram ele postou uma nota oficial negando apoiar qualquer tipo de “violência e opressão contra mulheres ou qualquer pessoa”.

Confira a nota Oficial

Gostaria de esclarecer o fato sobre o suposto vídeo de sexo sem consentimento que esta circulando nas redes sociais.

O vídeo é antigo de 2016, e está totalmente fora do contexto, no vídeo estávamos contando causos (piadas), e apesar de entender que foi uma brincadeira totalmente imatura e de mal gosto, o fato não existiu, foi uma forma totalmente errada de tentar ser engraçado, mas perdi o controle e a situação se tornou agressiva e constrangedora.

Não apoio nenhum tipo de violência e opressão contra mulheres ou qualquer pessoa, quem me conhece sabe que sou um cara simples de boa índole, nunca fiz mal pra ninguém e sempre estive do lado do bem.

Peço desculpas a todos que foram ofendidos, meus familiares, amigos, seguidores e as pessoas em geral.

Estou muito mal com a situação e abaixo segue o link do vídeo onde explico melhor tudo que aconteceu.


Mais Lidas