INVESTIGAÇÃO

Marido de dona de escola no Recife é suspeito de abusar de crianças


Os abusos teriam sido praticados contra crianças com idades entre 2 e 5 anos, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 30/07/2018 às 17:01
Fotos Públicas/Imagem ilustrativa
FOTO: Fotos Públicas/Imagem ilustrativa
Leitura:

Os pais de seis crianças denunciaram, nesta segunda-feira (30), supostos abusos sexuais que teriam sido praticados contra alunos de uma escola particular de reforço, no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. As crianças são todas meninas têm de 2 a 5 anos e crime teria sido praticado pelo marido da proprietária da escolinha.

As denúncias começaram após uma das crianças se queixar aos pais de dores na região genital, que também apresentada vermelhidão. Desconfiada, a mãe entrou em contato com outros pais que questionarem seus filhos e também suspeitaram dos abusos. Foi então que os responsáveis procuraram o Conselho Tutelar.

O delegado Ademir Oliveira, responsável pelo caso, informou que ainda não é possível determinar há quanto tempo os abusos aconteciam. “Uma delas revelou neste final de semana, então é recente. Mas como as crianças são muito pequenas e não têm noção de tempo, é difícil definir desde quando acontecem”, pontuou.

Supostos abusos aconteciam na casa do homem

As crianças contaram que eram levadas para a casa da dona da escolinha e do marido, que funciona um andar acima do reforço. Lá, o homem teria cometido os abusos. Ainda segundo o delegado, é cedo para dizer se a mulher também seria suspeita ou se ela seria conivente com o crime. Populares ainda informaram que ela não estaria morando no local.

As crianças foram ouvidas e serão encaminhadas para o Instituto de Medicina Legal (IML), para realizar exames sexológicos. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA).


Mais Lidas